Frustração

Ilustração por Art of Pam

“Uma palavra, ou um simples sentir. Por vezes somos bem mais do que simples números ou letras disfarçados por este nosso mundo. E se meu sentir fosse alguém, quem seria?”
Estremece, deixa-te sentir…

Sou um horizonte brilhante acabado em cinzas, aquelas que sujam a tua pele e enaltecem a tua respiração entre-cortada. Fui-me embebendo pelo brilhar daquelas tuas pupilas dilatadas, breves sensações misturadas com um breve nada incendiado de mim. Eu sou aquela chama que não se vê, mas queima-te. Aquela que fará de ti cinza, diante da raiva ou qualquer outra emoção que me leve junto a ti por terra. Sou aquele chão que teimas em cair, como um breve covarde, falhado… zé-ninguém espalhado pelo mundo. Quem pensarias tu ser no meio de todo este oceano de vida?
A minha ilusão descontínua pelo tempo atravessa-se em cada poro teu, sopra sobre ti breves poemas, desmanchados em versos apenas… E eles levam-te à queda, cairemos juntos, eu sorrirei ao longo das tuas breves lágrimas, aquelas amordaçadas pelo fogo de mim — cinzas as tuas — desse teu olhar.
Serei eu a tua perdição? Talvez eu fosse só um pequeno velho ao relento, que se encontrou em ti e jamais te deixou voltar à solidão dos sentires. Desilude-te, perde-te comigo para que o caminho à nossa frente pareça um, outro, e ainda outro passo para trás.

Saberás as horas em que baterei à tua porta?

--

--

⚀ Uma mulher afundada em letras creativas! ⚁ A woman deep within creative words!

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Sofia Duarte

Sofia Duarte

⚀ Uma mulher afundada em letras creativas! ⚁ A woman deep within creative words!